Blog Tonederm

Fique por dentro da Tonederm

15/03/2018

O padrão de beleza chegou à área genital e os tratamentos estéticos também chegaram lá

O padrão de beleza chegou à área genital e os tratamentos estéticos também chegaram lá

É fato. A idade passa para todos e o colágeno vai dando adeus ao corpo. Hoje, a mulher quer se sentir e ficar mais jovem, desfilar de biquíni e deixar a vergonha de lado. Jovem e sexualmente ativa, inclusive na Terceira Idade, as mulheres sabem que o corpo todo envelhece, até mesmo a região vaginal.


Uma das queixas estéticas que mais chega aos consultórios é com relação ao tamanho e assimetria dos pequenos e grandes lábios, além do acúmulo de gordura na região pubiana. Os relatos giram em torno do incômodo no uso de roupas justas, na hora de praticar exercícios e dor durante a relação sexual.


Por isso, o rejuvenescimento e o embelezamento íntimo estão sendo cada vez mais procurados pelas mulheres, que buscam driblar os efeitos da idade, ajudando meninas virgens que também sentem vergonha da vagina, mulheres que vão reiniciar a vida sexual e outras que não só se incomodam com a estética, mas também se queixam de algum desconforto durante o sexo por conta da anatomia.
Sem cirurgia, esses casos podem ser tratados com a Radiofrequência, que possibilita um tratamento inovador recuperando a estética genital feminina de forma não invasiva e indolor. Os aparelhos utilizados são o Spectra Luna e o Spectra Belle.


Esta técnica favorece o aporte circulatório e de nutrientes, na oxigenação, na hidratação dos tecidos e no estímulo do colágeno, proporcionando um aspecto de preenchimento natural da região já nas primeiras sessões, fazendo com que as mulheres se sintam mais seguras nas suas relações.


Segundo a Dra. Renata Zambon Guidoni, Médica Ginecologista, com especialização em Cosmetoginecologia (estética íntima feminina), a genitália feminina passa por modificações constantes, pelo uso de determinados medicamentos, gestações, obesidade, pós cirurgia bariátrica, envelhecimento natural e menopausa.


Muitas mulheres vão viver durante 30 ou 40 anos sem menstruar, sem gerar filhos, mas querendo ter uma vida sexual ativa, e aí é que entra a importância deste tratamento da beleza íntima que está muito associado a autoestima .
Portanto, a busca pelo prazer e a qualidade de vida tem feito as mulheres buscarem soluções práticas e eficientes sem sofrimento, uma vez que a estética íntima dá um gás na relação e proporciona felicidade a todas elas.